“Sementes nutritivas para um futuro sustentável”. É assim que a FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations) adjetiva as leguminosas, eleitas pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o alimento de 2016

A decisão foi realizada na 68ª Assembleia Geral das Nações Unidas, e então, 2016 foi declarado o Ano Internacional das Leguminosas. A FAO foi nomeada a agência responsável, juntamente com outras organizações.

A proposta possui o objetivo de aumentar a consciência sobre a grande importância desses alimentos na promoção da saúde e da nutrição, bem como para a segurança alimentar e a sustentabilidade ambiental. Além disso, o consumo deles encontra-se em forte impacto, devido ao estigma social associado ao nível socioeconômico da população que os consomem.

De acordo com a ONU para a FAO, atualmente, na América Latina, as leguminosas sofrem uma grande competição com outros cultivos mais comerciais e que ocupam áreas maiores de solos potencialmente férteis. E uma pesquisa feita por esse mesmo órgão, informa que nas últimas décadas a produção desses alimentos migrou para as regiões mais secas, provocando uma queda em rendimentos, competitividade, volumes produzidos e número de produtores.

Essa iniciativa criou uma oportunidade única para encorajar conexões, através da manifestação alimentar em consumir as leguminosas como fonte proteica. A partir disso, foram publicados diversos materiais oficiais que abordam essa temática, por exemplo, o formato de quadrinhos, em que explica sobre a possibilidade desses alimentos ajudarem no combate à fome e na desnutrição no mundo, evidenciando todos os aspectos positivos para a saúde e o meio ambiente. Também um vídeo institucional que fala a respeito das propriedades nutricionais das leguminosas e benefícios para a agricultura, e um book que mostra de forma artística e colorida, a utilização delas em países distintos.

Não para por aí! A Associação Portuguesa dos Nutricionistas preparou uma campanha para conscientizar o consumo de leguminosas, baseada no Ano Internacional, através da adoção de pelo menos uma porção por dia em suas diferentes formas e tipos.

Conheça mais sobre essa importante movimentação em prol da Nutrição, pelo documento oficial: http://www.un.org/en/ga/search/view_doc.asp?symbol=A/RES/68/231&referer=http://www.un.org/en/eevent/observances/years.shtml&Lang=E

Vídeo oficial da FAO, disponível em: http://www.unric.org/pt/actualidade/32128-2016-e-ano-internacional-das-leguminosas

Quadrinhos para as crianças, disponível em: http://www.fao.org/pulses-2016/en/

Book com viagem pelo mundo, disponível em: http://www.fao.org/3/a-i5528e.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =